quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

Cerimônia - Carol e Paulo

Algumas fotos da cerimônia do nosso casamento !

Demorou mas estão aqui !

Meu lencinhos DIY de lágrimas de felicidade

O programa da cerimônia





Uma das melhores do casamento...rs...

Rosa preservada e terço vindo direto de Jerusalém

A imagem que diz como foi nosso casamento: parceria é tudo !

Esse Santo Antônio fui eu que pintei, depois dei de lembrança para meu pai, que fez o da mesa do bolo

Leitura do texto do Drummond e minhas duas alianças


Detalhe do terço de Jeruzalém



A foto mais linda de todas as do casamento





Detalhe do "pequeno" véu que eu usei !!! Rs...

Todas essas fotos foram tiradas pelo Fernando Paes que eu já recomendei muito e continuo sempre recomendando, ele é simplesmente demais !!!

Beijocas e mais pra frente eu mostro como foi o Dia da Noiva e a Festança !

Sobre o meu casamento !

Faz tempo que não passo por aqui, mas é a vida tomando conta das coisas... Então vim hoje contar como foi o casamento e mostrar algumas fotos do que rolou. Aos poucos eu mostro mais coisas...




Falar sobre o casamento é bom e complicado.
Já havia dito anteriormente que o casamento foi a experiência mais selvagem pela qual eu passei, não é ?! Pois foi assim mesmo até o fim.
Fiz de tudo para o meu casamento e mas em momento algum trabalhei sozinha.
Meu marido estava comigo em todo o planejamento mas era impraticável os dois colocando a mão na massa juntos em tudo, então fizemos planos e roteiros juntos, ele executava a reforma e eu o casamento. Deu muito certo porque cada um ficou com o que mais gostava.
Minha organização era obsessiva e isso não era segredo pra ninguém, certo ?! Já falei do meu fichário, dos mapas do salão de festas, brieffings e toda a parafernália de coisas que eu criei como se fossem “manuais de instruções” para quem ficaria com a organização no final.
Tive a assessoria da Cris Lacroce, minha irmã, que foi um anjo da guarda em todo o caminho, me ajudou muito e foi uma tábua de salvação em alguns momentos. Foi um ano de trabalho, trabalho duro mesmo ! Mas se todo o trabalho fosse assim divertido e delicioso seria perfeito !
Algumas coisas que aconteceram esse ano foram presentes de Deus ! Conheci algumas das minhas melhores amigas ao longo desse ano, o que foi simplesmente divino ! Uma energia boa que me acompanhou por toda essa maratona de coisas a serem feitas !
“Preciso terminar meus caminhos de mesa” era a frase mais dita nos últimos 3 meses. Quanta aflição !!! Parecia que nunca daria tempo, mas deu !!

O que eu fiz para o meu casamento ? Vamos à minha pequena lista:
  • Caminhos de mesa
  • Prendedores de guardanapos
  • Convites
  • Tags para os carros (deixados no estacionamento)
  • Lembrancinhas
  • Lencinhos de Felicidade para os convidados
  • Roteiro da cerimônia
  • Lencinhos de tecido para as madrinhas (lágrimas de felicidade)
  • Corsages para as madrinhas
  • Lembranças de padrinhos e madrinhas
  • Cartões de agradecimento (enviados posteriormente pelo correio)
  • Marcadores de lugares
  • Lembranças para pais e mães dos noivos
  • Lembranças para alguns homens especiais para mim
  • Lembranças das daminhas
  • Caixa da noiva (feita pela Cris, na verdade. Um presente para levar todas as minhas coisas de forma organizada no dia da noiva)


Outra coisa muito muito especial que eu mesma fiz foi o meu vestido !!! Isso mesmo, minha estilista fui eu mesma. Foi uma novela. Fiz um que não deu certo na Rua São Caetano (arg). Foi um horror. O que a loja fez foi um rascunho mal feito do que eu pedi. Minha primeira reação ? Chorei, claro !!! Muito !!! Depois sacudi a poeira e voltei na loja. Desfiz o negócio e peguei meu dinheiro de volta. Ufa !!!
Depois dessa eu era um gato escaldado, então fiquei com medo de qualquer coisa que demorasse mais de 1 dia ou não estivesse prontinha !!! Hehe... Mas não queria um segundo aluguel porque queria um vestido surpreendente, chiquérrimo e que tivesse glamour ! Queria que as pessoas vissem o inesperado quando as portas da igreja se abrissem.
Pois bem, com base em tudo o que eu tinha visto e provado para o casamento, eu peguei papel e lápis e desenhei meu próprio vestido. Fiz um desenho de uma saia bem armada, toda em tule e sem armação, porque eu queria movimento e leveza.
A parte de cima tinha que ser bem estruturada e com um tecido que tivesse em si mesmo o brilho e a elegância que eu queria, porque não gosto de bordados.
Com o desenho em mãos eu encontrei uma senhora que fez o véu (enooooooorme e lindo) e a saia, que tinha nada menos de 65 saias de tule francês e algumas saias de filó para dar sustentação e volume !!! Um luxo !!! O preço foi inferior ao do segundo aluguel, podem crer !!!
A parte de cima foi feita por uma corsetiere, que fez um molde com as medidas do meu corpo e costurou um corset de cetim italiano perfeito, com 39 barbatanas de aço distribuídas de forma a destacar minha cintura e dar forma ao vestido. Juro que só usaria corset´s se pudesse, o que é aquela cinturinha de pilão ? Rs...  Fiz uma cintura mais baixa porque gosto mais assim.
Os detalhes foram feitos por mim mesma. Um laço com a inicial do meu noivo ficava do lado direito na altura da cintura.

Para completar meu look uma rosa azul preservada, simbolizando todas as coisas que nos pareciam impossíveis e tornaram-se realidades em nossas vidas. E um terço azul trazido por alguém muito especial diretamente de Jeruzalém. Uma história bem engraçada porque essa pessoa não sabia que eu procurava um terço assim nem dessa cor e simplesmente trouxe para mim na hora certinha.

Fiz dia da noiva, o que ajudou muito a não me estressar, ao contrário do que eu esperava. Fiquei o dia todo no salão e fui extremamente bem atendida, com um resultado muito legal que durou a festa todinha.

Meu noivo fez o mesmo que eu e planejou o próprio terno com o seu alfaiate habitual. Ele mandou confeccionar e não me deixou ver até que as portas da igreja se abrissem.
Era um terno tradicional em azul marinho com riscas de giz com colete no mesmo tecido. Gravata da cor da minha rosa, um cuidado que foi muito legal de se ver. Sintonia total.

Fui uma noiva pontual, cheguei na igreja com 15 minutos de antecedência e fiquei esperando no carro até que a cerimônia começasse.

Escolhi música por música com todo o cuidado do mundo, cada uma das músicas dizia o que era para dizer naquele momento. Foi lindo ver que as pessoas acompanharam nossa emoção. As músicas eram todas em português porque queríamos que qualquer pessoa presente entendesse o que aquele momento significava para nós. Foi lindo.

Entrei na igreja emocionada e completamente presente. Lembro de cada pessoa que vi, das caras, dos sorrisos, das crianças se surpreendendo em me ver com aquela roupa estranha, das minhas amigas brincando e estalando os dedos enquanto eu passava, dos padrinhos e madrinhas todos ali nos acompanhando...

E o noivo ? Lindo demais, surpreendendo sempre ! De mãos dadas do jeitinho habitual e com os dedinhos mindinhos espremidos como nos momentos mais importantes das nossas vidas eles estiveram; nós nos casamos !

O Padre era amigo da família e nada formal, falou das coisas boas e da importância de termos paciência um com o outro e os dois com a vida nos momentos não tão bons. Foi uma conversa gostosa o nosso casamento. Nada de formalidades chatas. Juramos e casamos !

No final li o texto de Drummond (O Amor) e fiz uma homenagem ao noivo e aos presentes. Todos acompanharam a emoção e eu consegui ler até o fim. Não chorei nem nos cumprimentos porque a cerimônia foi tão nossa e com a nossa cara que só pudemos estar explosivamente felizes. Me emocionei muito vendo algumas pessoas que receberam e agradeceram nossas mensagens nas músicas, mas foi uma alegria boa, nada de choro. Não me deu vontade.

A festa foi toda planejada de forma a ser o mais econômica possível e o mais acolhedora possível também. Fizemos tudo para comemorar junto com nossos convidados e para recebê-los da melhor maneira possível. Aproveitamos muito, dançamos, comemos, bebemos e conversamos com todas as pessoas.

Nossos fotógrafos foram um caso a parte. Um amor o Fernando (http://casandocomeconomia.blogspot.com/2011/01/fotografia-do-fernando-paes.html), que é o profissional que eu mais gostei de ter contratado. Foram muito atenciosos, entraram no clima leve que rolou na festa e aproveitaram com a gente ! Amei o trabalho deles e recomendo muuuuuuuuuuuito.

Foi tudo perfeito !!!

Não digo que foi o dia mais feliz de nossas vidas porque estar junto no dia a dia é muito mais feliz do que a festa em si. Acredito que a celebração do casamento e a festa são momentos explosivos de uma emoção mais intensa, mas forte mesmo. Mas o dia a dia tem se mostrado igualmente feliz, mesmo com os tropeços. O que queríamos era sermos felizes juntos, para sempre ! E por enquanto estamos nos saindo muito bem !

Amei meu casamento, me surpreendi porque nunca fui de muitas festas, mas no fim aproveitei o quanto pude junto com meu noivo. Chegamos ao hotel com a sensação de não faltar mais nada pra nossa felicidade. Isso foi o mais importante.

Se eu mudaria alguma coisa nesse dia ??? Nada !!! Tiraria uma única foto que eu esqueci, mais nada. Mas ela também não tem feito tanta falta assim... rs... Amei meu casamento, os fornecedores foram perfeitos, tudo foi do jeitinho que planejamos.

Mas o que eu acho que me garantiu aproveitar tanto assim foi uma decisão que tomamos quando acordamos no dia do casamento: nada do que acontecesse poderia ter o poder de estragar nossa festa. Decidimos juntos e cumprimos. Claro que uma ou outra coisa não foi exatamente como tinha que ser, mas e daí ? Toca o barco e se diverte porque essas coisas são infinitamente pequenas diante da felicidade que sentíamos juntos naquele dia! A tranqüilidade me salvou de ser uma noiva neurótica e perder o melhor da festa !

Hoje estou casada, na minha casa que ainda não está 100% pronta. Ela está exatamente como tinha que estar: com a nossa cara. Lá somos felizes com nossos cachorros e nossa bagunça. Nos amamos, o que pode ser mais importante ? Temos um ao outro e sabemos que não somos perfeitos, mas somos exatamente como teríamos que ser. Estamos juntos para o que der e vier, isso nos faz um casal ! Por isso digo e repito: Se vocês chegaram até aqui, o resto é detalhe !! Curtam o seu casamento e sejam muito felizes !!!

No mais é só agradecer muito a todo mundo que esteve ao meu lado, que participou desse momento. Primeiro meu noivo, claro, que me faz feliz e junto comigo e com nossos filhotes quadrúpedes forma a família mais linda do mundo !!! Minhas amigas noivas, agora esposas, que me deram força e luz quando eu precisei. Minha salvadora de perrengues Cris Lacroce, minha irmã, que caminhou esse ano todo ao meu lado !!! Quanta paciência !!! Meus pais e sogros que nos deram força e amor. E a todos os que compartilharam esse momento. Tenham a certeza de que foi difícil chegar a essas pessoas na festa. Queríamos chamar muitas outras pessoas e não deu, sempre há um limite.

Nosso casamento foi assim: perfeito, feliz, com companheirismo, a nossa cara e de quebra econômico !!!